Herramientas Personales
Usted está aquí: Inicio Acerca del CLAD Publicaciones Revista del CLAD Reforma y Democracia Artículos por número publicado 025, Febrero 2003 Ansiedade e medo no trabalho: a percepção do risco nas decisões administrativas
Navegación
 

Ansiedade e medo no trabalho: a percepção do risco nas decisões administrativas

Paulo Roberto de Mendonça Motta

Nos últimos anos, o tema da ansiedade e do medo alcançou uma grande atenção, não só pela maior consciência social sobre fatores de risco mas também pela constante divulgação de hábitos e estilos de vida que afetam a saúde e o bem-estar humanos, como o estresse e a qualidade de vida. Em conseqüência, acentuou-se também o estudo de fatores do trabalho ocasionadores da ansiedade, principalmente os interligados ao risco e à incerteza na tomada de decisão. Os que se envolvem com a decisão gerencial pública lidam com mais incerteza e risco, não só por causa do desconhecimento humano sobre o futuro, mas também pela interdependência e desequilíbrio constante entre os diversos fatores de produção, de mercado e, principalmente, políticos e de poder. Estudos mais profundos sobre percepção de riscos sociais, originados na perspectiva cognitiva, presumem o risco como subjetivamente definido pelo indivíduo e influenciável por uma variedade de fatores psicológicos, sociais, institucionais e culturais. A partir desses dois pólos foi elaborada uma pesquisa da qual fizeram parte 154 dirigentes e gerentes, concentrando-se a análise nas na gestão pública.

 

Acciones de Documento

Logo Siare

EIAPP

Logo Redes del CLAD

Logo Asociación CLAD

Publicaciones

Revista 74 CLAD
Suscripción Boletín Reforme

Suscribase al Boletí­n Reforme para recibir semanalmente información actualizada sobre temas importantes.

« Febrero 2020 »
Febrero
LuMaMiJuViDo
12
3456789
10111213141516
17181920212223
242526272829